PALAVRAS DO PSICÓLOGO: Aprendendo a Pedir Perdão

Rate this post

“Eu teria a maior facilidade para perdoar você, mas você não pediu perdão!”

“Eu pedi sim”.

“Pediu nada. Eu não lembro de ter ouvido”.

“Mas eu falei. Disse que reconhecia que o erro tinha sido meu”.

“Mas isso não é pedir perdão”.

Quantas vezes você já ouviu ou já falou essas palavras? Com algumas variações, essa parece ser a realidade de muitas pessoas casadas. Elas acham que não há jeito de se desculparem com a outra pessoa, pois para elas, a pessoa não entende. Elas têm certeza de ter reconhecido seu erro e pedido perdão, mas a outra pessoa não consegue entender isso.

(mais…)