A VERDADEIRA FONTE DE FELICIDADE

Rate this post

Sabemos que, com certos limites, o jeito que pensamos é o jeito que seremos. Lógico que se eu pensar que sou um pato, não vou me transformar em um. Mas, se todos os dias pensar que sou infeliz, então assim serei.

Se eu for passar o meu tempo livre pensando no que eu considero ruim na vida de solteiro, então a minha vida se transformará em algo que de fato será ruim. Acabarei me tornando uma pessoa triste, carente e chata.

A forma que pensamos tem influência enorme em nossas vidas. Por isso o apóstolo Paulo disse, em Filipenses 4:8: “Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas”.

Para muitas pessoas a felicidade está baseada em ter alguém em sua vida. Vou dizer uma verdade com a qual até o casado irá concordar: a felicidade não vem do cônjuge. Quem procura sua felicidade em outro ser humano acaba desapontado. Todo casamento feliz e abençoado tem como fonte o Senhor Jesus Cristo e a comunhão com o Espírito Santo. O verdadeiro preenchimento e alegria vêm somente de Deus.

Os casais felizes têm descoberto esse princípio e compartilham um com o outro a felicidade que o Espírito dá. Os solteiros felizes descobriram o mesmo princípio: a felicidade é dádiva de Deus em nossos corações, baseada num relacionamento com o Deus eterno.

Creio que o casamento é uma bênção. Mas como solteiro, estou procurando servir ao Senhor e aproveitar a vida confiando que qualquer que seja o futuro que Ele me reserva – casado ou solteiro – será o melhor para mim.

Adaptado de Gary Haines, “A Bênção de Ser Solteiro”, Ed. Atos, p. 26-34.

Marcado , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *