Como Você Resolve Seus Problemas?

Como Você Resolve Seus Problemas? 5.00/5 (100.00%) 1 vote

Tanto sei estar humilhado, como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias já tenho experiência, tanto de fartura, como de fome; assim de abundância, como de escassez. Tudo posso nAquele que me fortalece. Filipenses 4:12, 13.

Problemas, problemas e mais problemas! Problemas fazem parte da vida. Eles podem ter relação tanto com a pessoa com quem você não vive, como também com aquela que vive ao seu lado. Dependem não apenas de onde você vive, mas como você vive. Onde e com quem você trabalhada podem também estar relacionados. O dinheiro que você tem e o que você pensa do dinheiro que não tem também podem ser fontes de problema. E a lista continua…

O capítulo 1 do livro de S. Tiago, diz que você vai ter problemas, mas é possível escolher qual será sua reação diante deles. Você tanto pode vê-los como oportunidade de crescimento e ganhos ou como desculpa para o fracasso e as perdas. O modo como você encara os problemas vai determinar se eles se transformarão em elementos de construção ou destruição na sua vida. Considere cinco possibilidades a seguir e reflita sobre o modo como você está reagindo a seus problemas:

  • Maldizer o problema. Em essência, isso significa adicionar uma opinião negativa aos fatos negativos da situação. Em outras palavras, é piorar a situação.
  • Pajear o problema. É a decisão de dedicar tempo e atenção ao problema em si, em vez de buscar solução para ele.
  • Repassar o problema. Pensar tanto na situação a ponto de não sobrar praticamente tempo nenhum para pensar em outra coisa.
  • Separar o problema. Esta é uma técnica usada na resolução de problemas científicos. Consiste na separação da questão em partes menores para, então, lidar com cada uma dessas partes até que se encontre uma resposta. Quando as partes são resolvidas, o todo também se resolve. Este é um princípio eficiente para todas as questões da vida. Problemas insolúveis podem ser resolvidos quando as diversas questões envolvidas são tratadas individualmente, uma por vez.
  • Inverter o problema. Procure coisas positivas. Nenhuma situação é 100% ruim. Algum raio de esperança ou um facho de luz pode estar escondido em cada obstáculo. Reconheça o negativismo como aquilo que ele realmente é: uma distração que o impede de encontrar o lado positivo. Mande o negativismo embora. É claro que você pode simplesmente ignorar o problema e achar que ele vai desaparecer sozinho. Você deve fazer exatamente o contrário! Livre-se do negativismo diante dele; creia firmemente que sua reação negativa não vai resolver o problema; assim, negue-se a viver com o negativismo, voltando-se às coisas positivas. Somente você pode reverter o modo com se sente em relação a um problema.

Então… qual é o padrão que você usa para resolver os problemas? Vamos dar uma olhada no que Davi e seus homens fizeram quando estavam se escondendo do rei Saul numa caverna (Veja 1 Sam. 19-24). Ele estava cheio de problemas. Os homens que o acompanhavam foram descritos como os “que se achavam em aperto, e todo homem endividado, e todos os amargurados de espírito” (1 Sam. 22:2). É bem possível que eles tenham ficado extremamente surpresos quando Davi se colocou diante deles e disse: “Bendirei o Senhor em todo o tempo, o seu louvor estará sempre nos meus lábios” (Salmo 34:1).

Que surpresa! Louvor no momento do desespero. Você já fez isso alguma vez? Já agradeceu a Deus por estar solteiro, quando seu coração está ardendo de vontade de ter uma companhia?

Louve a Deus nos momentos de solidão ou de carência afetiva. E não é preciso dizer que isso requer fé! Louve quando estiver descontente. Isso vai virar sua vida de cabeça para baixo!

Fonte: Norman Wright, Planeta Single: um livro de cabeceira para quem curte a vida desacompanhada, Ed. Mundo Cristão, págs. 11-13

Marcado , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *