Filhos Pródigos de Pastores

Rate this post

[Apesar de tratar-se de um tema específico para famílias ministeriais, as reflexões feitas podem ajudar qualquer pai ou mãe que sofram com filhos que tenham se desviado do que foram educados].

A primeira reação dos pais, em casos em que são confrontados com filhos que cometem erros graves, lembrando que estamos falando de filhos de pastores, e de pessoas de influência na comunidade, é a da dúvida do que as pessoas vão pensar. A reação das pessoas ao fato, e a conseqüente avaliação do trabalho exercido pelos pais daquele jovem são o primeiro ponto de conflito.

Um segundo ponto é o terrível sentimento de culpa que invade a mente das pessoas, tentando descobrir em que pontos da educação eles erraram.

Uma mulher, que ouviu a filha dizer que não acreditava mais em Deus, passou um sermão enraivecido por um longo tempo. No final, ela diz que: “não havia mais nada para o Senhor dizer, eu já tinha falado tudo”.

Outro diz que já tinha pregado várias vezes sobre o amor, e já tinha até mesmo escrito um livro sobre o evangelho do amor contido nos escritos de John Wesley. Mas, quando se viu diante da gravidez indesejada da filha adolescente, ele se esqueceu completamente do amor, e deixou ser tomado pela raiva, ressentimento e mágoa.

(mais…)

A NECESSIDADE BÁSICA DA CRIANÇA

A NECESSIDADE BÁSICA DA CRIANÇA 5.00/5 (100.00%) 1 vote

Ouvi ou testemunhei o sofrimento e a devastação que ocorrem nos jovens de ambos os sexos, cujos pais não querem ou não conseguem comunicar amor e aceitação aos filhos.

Falei com um grande número de adolescentes num enorme festival de música e ensino ao ar livre, realizado numa fazenda nos EUA. Certa manhã, enquanto falava sobre a importância e o valor de deixar a prática do sexo para depois do casamento, disse àquela multidão de cerca de 1200 jovens ouvintes que eles eram especiais e nunca deveriam esquecer que tinham enorme valor, e alguém que realmente os amasse iria reconhecer e honrar esse valor, esperando pelo casamento para praticar o sexo.

Mais tarde, naquela mesma manhã, notei que uma jovenzinha loira, com cerca de doze anos, me seguia. Parei e perguntei: “Você queria falar comigo?”

Ela respondeu com bastante timidez: “Você acha mesmo que eu sou especial?”. “Sim”, respondi. “Deus fez você especial e nunca se esqueça disso”. Coloquei levemente os braços em volta dela e lhe dei um abraço paternal. A menina começou a chorar repentinamente.

“Você não sabe quanto tempo esperei por isso”, disse ela. “Meus pais se divorciaram há cinco anos, e meu pai nunca me abraçou ou disse que sou especial”.

Aquela jovenzinha estava gritando por amor e aceitação, do tipo que só um pai pode dar, do tipo que nunca ela recebera.

Não posso contar as vezes em que meu coração se partiu ao compreender o quanto essa experiência é comum. Já ouvi inúmeros jovens dizerem: “Meu pai nunca me mostrou afeição” ou “Meu pai só me dá atenção quando faço algo errado”.

(mais…)

Como se Apaixonar a Cada Dia

Rate this post

O romance em seu casamento não vai diminuir se você investir em pequenos atos de gentileza

Manter o romance aceso é um desafio quando você tem que lidar com tarefas que nunca terminam, agendas estafantes e obrigações emocionais tanto a congregação quanto da família. Sentimentos inspiradores e atuais de romance exige compromisso e criatividade, mas você pode fazer isso. Aqui estão vários princípios que funcionam bem para os casais ministeriais.

(mais…)

Inseparavelmente Uma Só Coisa

Rate this post

DEUS NÃO CONSEGUE REALIZAR O QUE ELE MESMO PROMETEU?

É tão elevado o chamado para que você e eu sigamos o exemplo de Cristo e andemos em Seus passos, que temos toda razão de querer saber como pode se esperar que homens e mulheres pecadores andem como o Filho de Deus.

A resposta que a maioria das pessoas dá é prática: Na realidade não se pode esperar.  A Palavra de Deus nos apresenta um ideal, belo em seu conceito. Mas é realmente atingível?

A resposta deve ser encontrada nas Escrituras. É uma regra áurea pela qual devemos medir toda verdade: “Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os Seus passos… carregando Ele mesmo em Seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos aos pecados, vivamos para a justiça.” I Pedro 2:21 e 24. Aqui o apóstolo Pedro nos indica o maravilhoso relacionamento para o qual somos chamados – em Cristo.

AS TRÊS PARTES DE UM MILAGRE

(mais…)